Governo de Minas realiza Demoday JA Startup
Evento premia as melhores ideias empreendedoras de jovens mineiros
Publicado: 11/12/2019 18:21 | Atualizado: 19/12/2019 12:00
Foto: Matheus Fonseca/Sede Foto: Matheus Fonseca/Sede

Três minutos. Este foi o tempo que jovens empreendedores mineiros tiveram para convencer especialistas a acreditarem em suas startups, criadas após três dias e meio de imersão no programa JA Startup. O tempo parece corrido e injusto para quem está de fora deste mundo de empreendedorismo, mas esta é a realidade de quem quer se destacar no mercado com soluções inovadoras. O sonho de todos é o mesmo: que a ideia seja boa a ponto de ser a próxima empresa Unicórnio – em outras palavras, que o sucesso seja tão grande, a ponto de virar uma empresa bilionária.

Os vencedores são das escolas estaduais Afonsino Altivo Diniz e Padre Camargos. Eles disputaram a vitória com mais outros oito grupos de estudantes. Ao todo, 56 alunos toparam o desafio do JA Startup em Minas Gerais de criar uma startup. O programa é resultado de uma parceria da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) com a StartSe, a Junior Achievement e a Secretaria de Estado de Educação (SEE).

No programa, foram trabalhados os conceitos de empreendedorismo e apresentadas as ferramentas e os atalhos considerados úteis na criação de modelos de negócios inovadores. As metodologias aplicadas são as mesmas utilizadas no Vale do Silício, região da Califórnia referência no assunto e que inspirou o Demoday de hoje.

Os pitches (as apresentações de três minutos) foram avaliados por profissionais experientes no assunto: o subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sede, Rodrigo Mascarenhas, Juliana Veiga dos Santos, representando a Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica da SEE, o fundador da StartSe, Junior Borneli, a sócia da FAZ Makerspace, Andrea Lopes Costa Ribeiro, e o professor do Departamento de Engenharia Eletrônica da UFMG, Hermes Aguiar Magalhães. Os melhores pitches foram das startups C2U, que oferece solução para o mercado de moda personalizada, e TechNing, voltado para a área educacional.

Os avaliadores também escolheram as duas como melhores startups. As outras startups criadas foram Arquiteturese, ACF - Combate à Fome, Events Factory, Connect books, Save, Decore-ser, Escoamento comunitário e Vida Vegana. “O Governo de Minas Gerais apoia iniciativas como esta por acreditar em ideias inovadoras, em pessoas como vocês”, avaliou o subsecretário Rodrigo Mascarenhas.

“Todo mundo que acredita, consegue alcançar o que desejou em algum momento. A StartSe é um exemplo de sucesso. Acreditem no potencial, mas faça de tudo para que aconteça. Tem que fazer com propósito para algo dar certo. Estejam conectados com o propósito”, declarou Junior Borneli.

As startups vencedoras receberam os troféus das mãos do governador Romeu Zema. “Vocês estão com a faca e o queijo na mão. Façam uso da oportunidade que estão tendo, no momento como este e com a quantidade de tempo e energia que vocês possuem na adolescência”, disse Romeu Zema, ressaltando: sejam bons no que vocês fazem. Pois isto será determinante para ser um excelente profissional.

Amanhã (12/12), as equipes vencedoras visitarão quatro grandes empresas reconhecidas no mundo das startups: a WeWork, a Méliuz, a BeGreen e a ThoughtWorks, propiciando uma imersão em suas culturas organizacionais e um momento de troca de informações, com o objetivo de que eles conheçam mais sobre o ecossistema de inovação e empreendedorismo.