Minas e Holanda avançam discussões de projetos
Governos tratam Blockchain e Avaliação Ambiental Estratégica como algumas das prioridades
Publicado: 14/02/2020 14:00 | Atualizado: 14/02/2020 15:02

O vice-governador, Paulo Brant, e o subsecretário de Promoção de Investimentos e Cadeias Produtivas, Juliano Alves Pinto, receberam, na tarde dessa quinta-feira (13/2), o ministro conselheiro da Embaixada do Reino dos Países Baixos, Roderick Wols, e o cônsul honorário dos Países Baixos, Wilfred Brujin. A visita oficial foi para tratar parcerias que estão em andamento entre os dois governos e discutir as agendas que podem ter sinergia.

“A Holanda é o país que mais temos parcerias de cooperação internacional no momento. Isso sinaliza que estamos nos embasando em boas práticas e que Minas Gerais e o Brasil têm muito a ganhar com este relacionamento”, afirma o subsecretário. As parcerias citadas por Juliano Alves estão relacionadas às áreas de tecnologia, sustentabilidade, atração de investimentos e economia criativa.

Minas e Holanda estão em tratativas para assinatura de um Memorando de Entendimento junto ao Dutch Risk Reduction para a modelagem de uma Avaliação Ambiental Estratégica para a mineração condizente com o que há de mais avançado no mundo nessa matéria. Apoiados à inovação, os dois países discutem sobre o Blockchain. A tecnologia pode mudar o rumo de processos em Minas Gerais, e a cadeia produtiva do carvão vegetal replantado será o projeto piloto.

Os assuntos serão aprofundados na próxima semana, quando Minas Gerais receberá uma missão do Consulado-Geral dos Países Baixos em São Paulo. O intuito da visita é, principalmente, mostrar aos membros do Conselho de Ciência, Tecnologia e Inovação do Consulado, o potencial de Minas Gerais na atração de empresas e investimentos neerlandeses.