Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios promove novas rodadas entre supermercados e pequenos fornecedores
3ª Edição virtual do CMON já apresenta resultados positivos
Publicado: 15/09/2020 18:37 | Atualizado: 16/09/2020 12:45
Foto: Divulgação / Sede MG Foto: Divulgação / Sede MG

O Circuito Mineiro de Oportunidade e Negócios (CMON) promoveu, na última quarta (9/9), o workshop on-line de capacitação para supermercados e pequenos fornecedores do Vale do Aço, Vale do Rio Doce, Vale do Mucuri e Vale do Jequitinhonha. O treinamento de “Boas Práticas Comerciais para Fornecedores e Compradores” visa preparar participantes para as rodadas de negócios que acontecerão hoje e amanhã (16 e 17/9).

Trata-se de um projeto de promoção de acesso a mercados para os pequenos negócios nas diversas regiões do estado, promovendo a aproximação entre esses e a rede varejista de supermercados. É voltado para produtores rurais; associações; cooperativas; prestadores de serviços e pequenas indústrias que possam fornecer para o segmento supermercadista.

Com a pandemia de Covid-19, o CMON ganhou um novo formato, inteiramente digital. Entre os dias 7 e 9 de julho, aconteceram as primeiras rodadas de negócios da versão virtual, com empresas da Zona da Mata, e, nos dias 17 e 18 de agosto, com o setor da Panificação.

Os encontros têm acontecido por meio de inscrições gratuitas e agendamentos on-line entre compradores e pequenos fornecedores, tais como cooperativas, agroindústrias, pequenas empresas e mico empreendedores individuais (MEI). O programa também ganhou novos apoiadores nesta edição, como a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), e Sistema Ocemg. Para a realização destas edições do CMON, foi realizada ampla articulação com os parceiros âncora Fiemg e AMIS, bem como os demais parceiros das regiões contempladas.

Os resultados

A versão on-line do CMON Zona da Mata para o setor de Supermercados contou com a participação de nove supermercados e 62 fornecedores, entre os quais foram realizadas 11h20 de reuniões. Sobre o workshop oferecido, 83,3% das empresas informaram que o conteúdo apresentado trouxe aprendizado aplicável ao seu negócio. O setor de Panificação teve a participação de oito compradores, 39 fornecedores e 10h30 de reuniões. Cerca de 90% das empresas do setor também acharam relevante o workshop apresentado.

A maior parte das empresas que engajaram nas duas sessões de rodadas de negócios deram o feedback de que concluíram entre uma e três negociações em decorrência dos contatos realizados no evento. Muitas também relataram a perspetiva de dobrar o faturamento mensal. No total, foi realizado um valor estimado em negócios de R$4,6 milhões/ano. As empresas também afirmam que participar do Circuito trouxe a elas novas conexões comerciais, oxigenação da cadeia de suprimentos e economia de recursos e de tempo.