Projeto Sol de Minas abre inscrições para capacitar gestores municipais
Prefeituras podem se cadastrar, gratuitamente, até o dia 22 de outubro
Publicado: 08/10/2020 15:50 | Atualizado: 09/10/2020 11:24
Foto: Divulgação/Sede Foto: Divulgação/Sede

Estão abertas as inscrições para o curso de capacitação para Gestores Municipais do Projeto Estratégico Sol de Minas. Entre os dias 26 e 27 de outubro, prefeituras terão a oportunidade de melhorar o ambiente de negócios do setor de geração de energia fotovoltaica, transformando os municípios em consumidores e incentivadores de autogeração desse tipo de energia. Os interessados podem se inscrever até o dia 22 de outubro, gratuitamente neste link.

Inédita, a iniciativa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) conta com o apoio da Agência de Investimento e Promoção Comercial de Minas Gerais – Indi, da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) e do Banco do Nordeste.

Esses parceiros irão compartilhar conhecimentos e experiências sobre regulamentos do setor de geração de energia solar, propostas de políticas de atração de investimentos, oportunidades de financiamento e retorno dos empreendimentos e questões de sustentabilidade decorrentes do apoio a uma matriz energética limpa.

Para o superintendente de Política Minerária, Energética e Logística da Sede, Marcelo Ladeira, o objetivo é difundir informações que podem estimular o desenvolvimento de novos empreendimentos em todo o estado, contribuindo para que Minas Gerais reforce sua liderança neste setor.

“Com essa ação, o Governo de Minas espera contribuir para que as prefeituras possam gerar oportunidades de emprego e renda em seus territórios, por meio da melhoria do ambiente de negócios para empreendedores de geração fotovoltaica, reduzir despesas com energia elétrica e contribuir para o equilíbrio ambiental”, explica Ladeira, garantindo que novos cursos serão oferecidos periodicamente, possibilitando a participação de todos os municípios que tiverem interesse no assunto.

Quem pode se inscrever

Serão aceitos, no máximo, quatro participantes por prefeitura. Sendo assim, caso haja inscrição de um número maior, serão considerados válidos apenas os últimos quatro ingressos emitidos. A emissão do certificado somente será realizada após o preenchimento da avaliação do curso, que será encaminhada após o término do mesmo.

Confira o conteúdo do curso

Geração distribuída: micro e minigeração distribuída, vantagens, tecnologias, custos, regulação, conexão à rede, compensação de energia elétrica, adesão ao sistema de compensação, processo de vistoria de empreendimentos, processo de licitação de empreendimentos, execução das obras, aspectos legais (leis, normas decretos), relação com a Aneel, tipos de sistema (off-grid e on-grid), cálculo de economia com empreendimentos solares, estudo de caso de gestores municipais que implantaram empreendimentos fotovoltaicos solares, payback de investimentos.

Sustentabilidade: energia limpa e viável, fontes de energias limpas, importância da energia limpa para geração elétrica, energia solar fotovoltaica e sustentabilidade, energia solar fotovoltaica no mundo, energia solar fotovoltaica no Brasil, energia solar fotovoltaica em Minas Gerais, perspectivas futuras da energia solar fotovoltaica, matriz energética brasileira, participação de energias limpas na matriz energética brasileira, participação da energia solar fotovoltaica na matriz energética brasileira e projeções.

Atração de investimentos: mecanismos de atração de empreendimentos de energia solar fotovoltaica, incentivos fiscais e não fiscais (federais, estaduais, municipais) para a energia solar fotovoltaica, benefícios do investimento em sistemas solares fotovoltaicos, relacionamento com investidores, barreiras e dificuldades à atração de investidores, empregos diretos e indiretos gerados com empreendimentos solares fotovoltaicos, benefícios para a economia local, relacionamento com a concessionária, licenciamento ambiental.

Financiamento: papel do banco no financiamento de empreendimentos solares fotovoltaicos, programas de financiamento disponíveis para energia solar fotovoltaica, critérios para a concessão de crédito a municípios, alíquotas de juros cobradas, condições de amortização oferecidas, municípios mineiros atendidos pelo banco, exemplos de empreendimentos financiados para prefeituras, canais de comunicação entre o banco e o interessado, penalidades ao tomador de financiamento, possibilidade de renegociação.