Regime tributário especial para o setor metalmecânico é tema de live nesta semana
Evento online, em parceria com o Indi e a SEF, será realizado nesta quarta (18/11), às 15h, via Youtube
Publicado: 17/11/2020 16:39
Foto: Divulgação / ARMVA Foto: Divulgação / ARMVA

Apoiar e fomentar cadeias produtivas já instaladas na região é uma das linhas de ações de Desenvolvimento Econômico realizadas pela Agência Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA). Pensando nisto, a ARMVA junto à Agência de Promoção de Investimentos e Comércio Exterior (Indi) e Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) realizarão, nesta quarta-feira (18/11) às 15h, a live “Diálogos do Vale do Aço: Regime Tributário Especial para o Setor Metalmecânico”. A transmissão será aberta ao público pelo canal do Indi no Youtube.

Governo de Minas Gerais possui um tratamento tributário especial com uma série de incentivos com vistas a estimular o crescimento e fortalecimento do setor. Assim, o evento, destinado para empresários e gestores contábeis/ financeiros, tem como objetivo apresentar o este regime e suas vantagens, além de sanar possíveis dúvidas diretamente com especialistas do assunto do Governo de Minas. Conhecer mais a respeito deste regime tributário especial implica na aproveitamento dos incentivos, redução de custos fiscais para a empresa e, consequentemente, no aumento de competitividade.

O evento conta com o apoio do Arranjo Produtivo Local (APL) Metalmecânico Vale do Aço, Sindicato das Indústrias Metalúrgicas do Vale do Aço (Sindimiva), Sindicato dos Contadores do Vale do Aço (SindCont), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e Federação das Indústrias de Minas Gerais (Senai-Fiemg Regional Vale do Aço), e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Minas).

O Setor Metalmecânico no Vale do Aço

Com forte presença na economia do Vale do Aço, as indústrias do Setor Metalmecânico da região são referências nacionais na fabricação de diversos bens de capital e consumo, além de possuírem grande relevância na geração de emprego e renda para a população local. De acordo com os dados de 2019 da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada pelo Ministério da Economia, o setor tinha 18.688 pessoas empregadas formalmente, em 257 estabelecimentos. Estes trabalhadores representam 17,25% do total de empregos do Vale do Aço.