Como montar um pitch matador
Dez dicas para empreendedores apresentarem seus projetos aos investidores
Publicado: 17/12/2015 13:07 | Atualizado: 04/01/2016 11:25

Com o SEED prestes a abrir inscrições para sua terceira rodada, os empreendedores podem começar a preparar suas gargantas e suas veias vendedoras. Afinal, para fazer uma startup ter sucesso não basta uma boa ideia e capacidade técnica. Também é preciso saber apresentar todo esse material, tanto para ser escolhido por programas como o SEED quanto para convencer investidores a apostarem em seu projeto nos futuros Demo Days. E isso só será possível com uma demonstração bem feita e empolgante de seu produto ou serviço, que responda questões sobre a própria empresa, o mercado e os concorrentes.

Trouxemos aqui algumas dicas que o empreendedor AJ Agrawal, CEO da Alumnify, elaborou em conjunto com a incubadora americana 25k Startups para fazer um pitch matador. Veja os dez pontos levantados na revista Inc.:

Descrição do negócio – Tente resumir o seu negócio em duas frases. Qualquer informação a mais fará seu conceito parecer complicado, o que espanta investidores!

Problema, necessidade, desejo ou inovação – Explique o problema ou necessidade solucionado por sua startup, além da inovação envolvida no processo. Mas lembre-se: não tente fazer parecer a invenção da roda se não for o caso. Muitas ideias incríveis se encaixam em um mercado já existente.

Vantagem competitiva – Explique sua vantagem competitiva. O que destaca seu negócio de todos os outros? Não se trata apenas de falar sobre mudanças de estrutura e opções pontuais, mas sim de criar um diferencial de mercado.

Mercado-alvo – Saiba quem são seus clientes. Identifique idade, gênero, faixa salarial, e tudo o que ajude a mostrar que você conhece suas necessidades.

Plano de marketing – Como você vai atingir seu público? Demonstre saber que mídias pretende utilizar e porque elas são as mais adequadas ao seu negócio.

Geração de receitas – Como você pretende ganhar dinheiro? Vendas diretas, propaganda, assinatura? Existem muitas formas de gerar renda, especialmente no mundo das tecnologias. Explore suas possibilidades e defina a mais pertinente.

Margens de lucro – Qual a sua previsão de rentabilidade? Quais custos devem ser considerados? Fale especificamente sobre despesas de gestão e entrega para comprovar a viabilidade da proposta.

Plano de estratégia e crescimento para três anos – Seja claro e realista: o negócio levará quanto tempo para escalar? É possível alcançar de R$ 3 milhões, R$ 5 milhões ou até mesmo R$ 100 milhões em três anos?

Estratégia de parcerias – Não é um item tradicionalmente trabalhado em apresentações a investidores, pois envolve vários outros aspectos do plano de negócios. É importante para responder como a sua ideia vai atingir o público-alvo e gerar massa crítica.

Potencial de atrair a atenção da mídia – Mostrar as possibilidades de ‘venda’ do negócio para a mídia, o seu valor de midiatização, é uma forma de demonstrar com clareza o potencial de divulgação e crescimento.

 

Com dados da revista Inc.