Integração de transporte urbano é reforçada em assembleia com prefeitos do Vale do Aço
Debates foram realizados nos encontros, bem como estudos preliminares realizados pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA)
Publicado: 22/11/2021 14:29
Foto: Divulgação / ARMVA Foto: Divulgação / ARMVA

A discussão sobre a integração do transporte urbano no Vale do Aço obteve avanços significativos durante a reunião da Assembleia Metropolitana e Conselho Deliberativo de Desenvolvimento Metropolitano da região. O encontro de prefeitos, presidentes de Câmaras municipais, deputados, representantes do Estado e da Sociedade Civil foi realizado, na última sexta-feira (19/11), e presidido pelo presidente da Assembleia Metropolitana, o prefeito de Santana do Paraíso Bruno Morato. Dessa vez, a reunião ainda contou com a participação de representantes da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra).

Desde a primeira reunião da Assembleia Metropolitana em 2021, a pauta de integração do transporte urbano da região foi estabelecida como prioritária pelo colegiado. Nesse sentido, debates foram realizados nos encontros da assembleia, bem como estudos preliminares realizados pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA) e um seminário técnico com a colaboração de representantes de entidades que atuam no transporte metropolitano em Curitiba, Goiânia e Recife.

Solução de integração

Durante a reunião, a equipe da ARMVA apresentou o compilado do trabalho feito até o momento em relação ao tema de transporte urbano e apresentou, previamente, uma possível solução de integração por meio de consórcio interfederativo. O diretor-geral da ARMVA, João Luiz Teixeira Andrade, frisou que a unificação da gestão do transporte, por meio de consórcio, seria a forma mais vantajosa e com maior possibilidade de melhoria no serviço.

Compromisso entre Seinfra e ARMVA

O subsecretário de Transportes e Mobilidade, Gabriel Fajardo, destacou a grande população do Vale do Aço e a estreita relação entre os municípios da região, o que intensifica o deslocamento de pessoas entre uma cidade e outra. Durante a reunião com os chefes dos poderes executivos e legislativos da RMVA, foi estabelecido compromisso entre a Seinfra e a ARMVA para a viabilização, no próximo ano, de estudos aprofundados e relacionados ao transporte público da região.

A conselheira e deputada estadual, Rosângela Reis, reforçou que o desejo de integração do transporte é muito antigo e que, agora, a confiança na inovação e compromisso do Governo Romeu Zema permite ter esperança sobre essa incorporação.

Reabertura do Aeroporto Regional

Outro tema abordado pelo representante da Seinfra foi a reabertura do Aeroporto Regional do Vale do Aço. O subsecretário reforçou que as obras deverão ser concluídas até o fim deste mês e já com previsão de operação de voos no início de dezembro deste ano. A recuperação definitiva da pista de pouso e decolagem do aeroporto era uma demanda antiga e que foi realizada no Governo Romeu Zema, por meio de mobilização junto ao Governo Federal para a captação de recursos para a obra.

O subsecretário de transportes da Seinfra, Gabriel Fajardo, informou mais um avanço para o Aeroporto Regional e que o Seinfra está em processo de contratação do projeto executivo do novo terminal de passageiros, com custo estimado em R$ 2 milhões. Segundo o subsecretário, o edital de licitação deverá ser publicado nas próximas semanas.

Em relação aos projetos e ações do Governo de Minas para o desenvolvimento do aeroporto, o diretor-geral da ARMVA, João Luiz Teixeira Andrade, destacou também os esforços para concluir o Plano Diretor Aeroportuário do Aeroporto Regional do Vale do Aço ainda neste ano, com a possibilidade de entrega junto com a finalização das obras. O plano, contratado pela ARMVA, é um documento exigido pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para projetos de ampliação, bem como captação de recursos para obras nos aeroportos.