Ipem-MG intensifica fiscalização dos principais itens consumidos nas festas de fim de ano
Natal e Réveillon são considerados a época de maior movimento para o setor varejista
Publicado: 17/12/2021 14:37
Foto: Divulgação / Freepik Foto: Divulgação / Freepik

Com a proximidade das festas de fim de ano, em especial o Natal e Réveillon, técnicos do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG) intensificam, em dezembro, a fiscalização dos principais itens consumidos, para garantir que nenhum dano seja causado aos empreendedores e à sociedade.

Alimentos como carnes, frutas secas, panetones, doces e vinhos, bem como brinquedos e luminárias estão entre os itens mais checados pelos servidores do órgão nesta época do ano.

O diretor-geral do Ipem-MG, Luiz Carlos Siviero Farias, explica que os fiscais conferem se o peso do alimento indicado no rótulo corresponde à quantidade real do produto a ser adquirido, para que os empreendedores não sejam lesados ao comprarem da indústria/distribuidor. Já os consumidores, por sua vez, só paguem pela quantidade que está sendo indicada na embalagem.

Com relação aos brinquedos, é obrigatório que eles possuam o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O selo do Inmetro garante que o produto não oferece riscos à segurança das crianças se for utilizado de acordo com as recomendações da faixa etária e de instruções de uso.

Quanto às luminárias, as mais comuns são os pisca-pisca e a mangueira com lâmpada de led. “As pessoas devem observar se o plugue contém a marca do Inmetro, se a embalagem traz informações em português, dados do fabricante/importador, potência máxima do conjunto em watt (W) e a tensão que se destina em volt (V)’, orienta Siviero.

Ouvidoria

Caso o consumidor suspeite ou encontre alguma irregularidade o fato pode ser registrado na Ouvidoria do Ipem-MG, por meio do fale conosco, pelo endereço eletrônico ouvidoria@ipem.mg.gov.br ou no telefone 08000 335 335.