Conselho de Administração do Ipem-MG aprova por unanimidade as contas de 2021
A reunião, que aconteceu quarta--feira (27/4), por meio de plataforma online, contou com a presença dos membros do conselho e diretoria do órgão
Publicado: 05/05/2022 13:03
Foto: Divulgação/Ipem Foto: Divulgação/Ipem

Na quarta-feira (27/4), o Conselho de Administração do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG) aprovou as contas do exercício de 2021, por unanimidade, as quais agora serão encaminhadas para avaliação final do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG). A reunião aconteceu por meio de plataforma online e contou com a presença dos membros do conselho e diretoria do órgão.

O diretor-geral do Ipem-MG, Luiz Carlos Siviero Farias, destacou que, em virtude da continuidade da pandemia de Covid-19, o órgão conseguiu adaptar as adversidades com resiliência, evoluindo e inovando em diversos processos, ao seguir os valores e princípios da governança pública.

O diretor também enfatizou que isso só foi possível em razão do empenho dos servidores do órgão, que não mediram esforços para executar as políticas públicas da área da Metrologia e Qualidade, planejadas pelo governo estadual, bem como para atender as demandas recebidas da população.

“Sou muito grato a todos por esse contínuo apoio e dedicação no desempenho das atribuições profissionais que realizam no Ipem-MG. A seriedade e integridade desses trabalhadores nos inspiram a cada dia”, afirmou.

O dirigente também ressaltou que, motivado pela teoria de Gestão Corporativa 4.0, uma série de projetos de desenvolvimento de softwares foi iniciada, em 2021. Os projetos envolvem: Solicitação de Agendamento de Verificação de Caminhão-Tanque; Solicitação de Serviço Jurídico; Aperfeiçoamento no Sistema de Ouvidoria; Sistema de Controle de Processos de Compras; e Sistema de Controle de Comissões.

Na sequência da reunião, o coordenador-geral da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade do Inmetro (RBMLQ-I), Valmir Sant'Anna, parabenizou o diretor-geral e toda a equipe do Ipem-MG pela condução dos trabalhos e resultados alcançados no ano passado.

Já o presidente da Associação Comercial do Estado de Minas (ACMinas), Carlos Alberto Passos Vilefort , saudou a diretoria do órgão pela apresentação e afirmou que a fonte de receita da prestação de serviços do Instituto ser maior do que é arrecadado com multas foi o que mais lhe chamou a atenção. E, na opinião dele, isso impacta positivamente ao empresariado, que já paga muitas taxas.

Vale destacar que, em 2021, 87% da receita do Ipem-MG veio dos serviços de metrologia e qualidade, e apenas 13% de multas, o que demonstra que o órgão busca sempre atuar como um órgão pedagógico, com o objetivo de favorecer a prestação de serviços em detrimento de autuações.

Também participaram da reunião a subsecretária de Promoção de Investimentos e Cadeias Produtivas da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Sede-MG), Kathleen Garcia; a representante da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Luciane Ferreira; o diretor de Metrologia e Qualidade do Ipem-MG, Luiz Marcelo Scalioni; a chefe de gabinete do Ipem-MG, Érika Guimarães; o procurador autárquico, Reynaldo Andrade; o gerente de Planejamento, Orçamento e Finanças, Ricardo Vieira de Jesus; e a representante dos servidores do Ipem-MG, Ângela Cadette.