Ipem-MG orienta mais de 400 revendedores de combustíveis
Publicado: 05/05/2016 10:31 | Atualizado: 05/05/2016 16:18

Mais de 400 revendedores de combustíveis da região do Triângulo Mineiro receberam orientações do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG), na última sexta-feira (29/04), sobre a maneira correta de comercializar esses produtos. As dúvidas foram esclarecidas durante o 11º Ciclo de Congressos Regionais do Minaspetro, em Uberlândia.

O diretor-geral do Instituto, Fernando Sette, participou de um painel no qual apresentou todo o trabalho que o órgão realiza na área de Metrologia e Qualidade. De acordo com ele, as políticas públicas voltadas a esta atividade visam promover uma concorrência mais justa entre as empresas em suas relações comerciais e, consequentemente, beneficiar à sociedade.

“No caso dos combustíveis, regulamos o que sai dos bicos das bombas e também o que é transportado pelo caminhão até os distribuidores. Nosso objetivo é garantir mais segurança a todos os envolvidos nas relações comerciais. Por isso, precisamos romper o paradigma da fiscalização, porque ela é consequência da verificação”, declara.

Para o diretor-regional da Minaspetro do Triângulo Mineiro, José Antônio Cunha, as atividades executadas pelo Ipem-MG são fundamentais para eliminar do mercado os concorrentes desleais. “É preciso eliminar os maus profissionais. Eles prejudicam os empresários que trabalham corretamente e também a sociedade, ao entregar menos volume de combustível do que a quantidade que está sendo paga”, afirma.


No stand do Ipem-MG os visitantes ainda esclareceram dúvidas com os servidores responsáveis pelas regionais do Instituto em Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia. Também receberam cartilhas com informações sobre os procedimentos que os postos de combustíveis devem cumprir.  

De acordo com Halp Maciel e Elton Morais, as informações disponibilizadas pelo Instituto foram muito esclarecedoras. Eles, que são funcionários de um posto de combustível na cidade de Prata, a 70 km de Uberlândia, contaram que não sabiam, por exemplo, que o órgão possui uma ouvidoria que registra reclamações, denúncias e esclarece dúvidas da sociedade. “É muito bom saber que podemos contar com o apoio do órgão e que as pessoas que estão fazendo seu serviço corretamente não precisam ter medo da fiscalização e do fiscal”, relatam.

O evento, que acontece a cada dois anos nas principais cidades mineiras, é uma oportunidade para que os empreendedores se aproximem dos órgãos que regulamentam sua atividade, a fim de estabelecer uma relação de parceria entre fiscalizador e fiscalizado.

 

Confira os próximos eventos ao longo deste ano:

Juiz de Fora – 20 de maio de 2016

Governador Valadares – 24 de junho de 2016

Montes Claros – 22 de julho de 2016

 

Divulgação: Ipem-MG