Secretário vai a Brasília para discutir a possibilidade de expansão do Pronatec
Cidade das Águas também foi pauta da reunião na Agência Nacional das Águas (ANA)
Publicado: 11/03/2015 16:30 | Atualizado: 24/03/2015 15:24

O secretario de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas, Miguel Corrêa, esteve no dia 26 de fevereiro em Brasília para discutir temas importantes para o estado. . O destaque ficou por conta da reunião no Ministério da Educação, onde foi realizada com o secretário Executivo do MEC, Luiz Claudio Costa, para discutir sobre a possibilidade de expansão do Pronatec no estado, inclusive com a participação da Sectes. Também participaram do encontro o deputado federal Reginaldo Lopes e o presidente da Fapemig, Evaldo Vilela. Além do MEC, Miguel Corrêa esteve também na Representação do Governo de Minas na capital Federal e na Agência Nacional das Águas (ANA). Nesta última ele discutiu sobre a Cidade das Águas, em Frutal.

Pronatec

No ano passado, o estado de Minas Gerais ampliou a sua oferta de cursos gratuitos através do Pronatec. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego estimula o acesso à educação profissional e prepara milhares de cidadãos mineiros para encarar os desafios do mercado de trabalho.  O Pronatec foi lançado em 2011, pelo Governo Federal. Desde o início, a iniciativa procurou estabelecer alguns objetivos, como democratizar a oferta de cursos, capacitar a mão de obra das regiões mais remotas, ampliar a quantidade de recursos pedagógicos e oferecer novas oportunidades educacionais aos trabalhadores. Os cursos gratuitos do Pronatec são divididos em formação inicial e continuada e ensino técnico. A primeira modalidade tem como objetivo qualificar ou requalificar de forma rápida e bem direcionada para uma profissão. Já a segunda opção é composta por cursos mais duradouros e que garantem uma habilitação mais abrangente.

Vagas

As vagas para cursos gratuitos Pronatec são oferecidas em Minas Gerais através das instituições que executam o programa. Confira os locais onde são ofertados os cursos do Pronatec:

Senai Pronatec MG

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) executa o Pronatec nas cidades mineiras, ao oferecer cursos gratuitos focados nas necessidades das indústrias da região. Entre as possibilidades de formação que já foram oferecidas, vale destacar os cursos técnicos nas áreas de calçados, alimentos, automação  industrial, mineração, mecatrônica, eletrônica e fabricação mecânica. O Senai também já capacitou almoxarifes, caldeiros, eletricistas e operadores de computador.

IFMG Pronatec

O Instituto Federal de Minas Gerais tem unidades instaladas em Betim, Ouro Preto, Governador Valadares, Formigas, Congonhas, entre outros municípios mineiros. São muitos os cursos oferecidos no âmbito do Pronatec, tais como: ajudante de obras, pintor e obras, operador de caixa e almoxarife. As prefeituras das cidades sempre estimulam a qualificação através do IFMG.

Senac Pronatec MG

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) tem o compromisso de formar profissionais para atuar no comércio de bens, serviços e turismo. O Pronatec foi uma forma encontrada pela instituição para ampliar a iniciativa de gratuidade. Já foram ofertados cursos para diferentes carreiras, como manicure-pedicure, maquiador, depilador, promotor de vendas, auxiliar pessoal e web designer. Todos os anos também são abertas vagas para cursos técnicos, incluindo segurança do trabalho, administração, estética e enfermagem.

SENAR Pronatec MG

A área rural no Brasil oferece muitas oportunidades de carreiras, por isso o Senar tem ampliado a oferta de cursos gratuitos. Entre as possibilidades de profissionalização, vale destacar: artesão de bordado à mão, apicultor, horticultor orgânico e viveirista de plantas.

Pitágoras Pronatec MG

O Pitágoras é uma instituição particular de ensino que oferece cursos técnicos gratuitos no âmbito do Pronatec. Os estudantes e trabalhadores mineiros podem escolher entre as seguintes carreiras: alimentação escolar, computação gráfica, cuidados de idosos, automação industrial, farmácia, estética, eletrônica, informática, logística, massoterapia, entre outras. As oportunidades são distribuídas duas vezes ao ano, por meio do Sisutec (Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica).