Aberto processo seletivo simplificado para bolsistas da Uaitec
As vagas são para o projeto de apoio, gestão e desenvolvimento das atividades tecnológicas
Publicado: 23/07/2019 10:40 | Atualizado: 30/07/2019 14:13
Divulgação Divulgação

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico abriu processo seletivo simplificado para seleção de bolsistas que irão atuar no programa da Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec). Ao todo, 10 vagas estão disponíveis para Belo Horizonte e os valores das bolsas são de R$ 2,186,86 e R$ 3 mil. O edital, que é realizado em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), está publicado em www.desenvolvimento.mg.gov.br.

As vagas abertas, com dedicação de 40 horas semanais, são para analistas de desenvolvimento de sistemas web, assistente de comunicação, assistente de gestão e relacionamento, assistente de implantação, assistente educacional e assistente de suporte de informática. A bolsa é concedida pelo prazo de até 11 meses, admitindo-se renovação por até mais 12 meses, de acordo com a vigência do projeto.

As etapas de seleção são: inscrição, habilitação, análise de currículo e entrevista. O resultado final está previsto para ser divulgação no dia 15 de agosto. Todas as etapas são obrigatórias e, algumas, eliminatórias.

Os selecionados irão trabalhar no projeto Rede Uaitec, que é composto por um conjunto de Polos de Educação a Distância (EAD) e que tem como objetivo ampliar as capacidades local e regional, para combater a exclusão social, gerar trabalho e renda, contribuindo para a melhoria do nível de vida da população, com foco na formação e qualificação profissional.

 

Uaitec

A Rede Uaitec é um programa do Governo de Minas, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que visa oferecer, de forma gratuita, qualificação profissional por meio da implantação de uma rede de polos de educação a distância. O programa visa ampliar e democratizar o acesso a conteúdos pedagógicos que sirvam para qualificação e requalificação da mão de obra e para formação profissional dos cidadãos.