Chamadas da Fapemig destinarão mais de R$60 milhões para projetos que unem academia e empresas
Evento no dia 29/8 marcará o lançamento do programa Centelha/MG e do edital Fapemig Tríplice Hélice
Publicado: 26/08/2019 12:00 | Atualizado: 27/08/2019 15:32
Pixabay Pixabay

Estimular a criação de empreendimentos inovadores a partir da geração de novas ideias e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo o território nacional. Esse é o objetivo do programa Centelha, que será lançado no próximo dia 29 de agosto. A iniciativa é do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e da Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). Em Minas Gerais, o programa é executado pela FAPEMIG.

Além do Programa Centelha/MG, será lançada, no evento, a chamada FAPEMIG Tríplice Hélice: interação Governo - Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação - Empresas. A ação irá financiar projetos que visem à otimização de tecnologias protegidas para inserção de novos produtos, serviços e processos no mercado. Juntas, as duas chamadas irão investir cerca de R$ 60 milhões nas propostas aprovadas.

O presidente da FAPEMIG, Evaldo Vilela, destaca a importância do apoio a pesquisas que gerem soluções inovadoras para Minas Gerais “A inovação tecnológica vale-se da associação entre conhecimento, tecnologia e criatividade. São as grandes transformações produzidas pela inovação, com o apoio do Estado, que contribuem decididamente para o desenvolvimento econômico de Minas Gerais. Elas criam o futuro!”.

Resultados

No evento, também serão apresentados os resultados da Chamada 13/2013 Tecnova - Programa de apoio à inovação tecnológica em microempresas e empresas de pequeno porte em Minas Gerais. Parceria da FAPEMIG com a Finep, a ação representou importante instrumento de fomento à inovação rumo ao desenvolvimento econômico e social do Estado. “Veremos um relato breve da força da ciência mineira, sua capacidade e potencial para contribuir para o desenvolvimento tecnológico e econômico do Estado. Ao mesmo tempo, será uma prestação de contas para a sociedade e uma forma de buscar o seu apoio para que a ciência continue avançando”, comenta Evaldo Vilela.

O investimento, que superou R$13 milhões, possibilitou a execução de projetos inovadores em dezenas de micro e pequenas empresas localizadas em 14 municípios mineiros. De acordo com o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da FAPEMIG, Paulo Beirão, este cenário somente foi possível devido ao empenho dos agentes envolvidos. “Isto porque o processo de inovação nas empresas depende de inúmeros fatores, dentre eles a capacidade de gestão do processo de inovação capazes de gerar novos produtos para o mercado, com competitividade e sustentabilidade. Neste contexto, o fomento não reembolsável, por parte do Estado, representa, muitas vezes, o único caminho para se inovar nas micro e pequenas empresas”, afirma.

 

Serviço:

Evento: Lançamento do programa Centelha/MG e apresentação de resultados do Tecnova

Dia: 29/08/2019

Horário: 9h

Local: auditório da Fapemig (Avenida José Cândido da Silveira, 1500, Horto - Belo Horizonte)