Romeu Zema participa da abertura do 36º Inforuso e ressalta papel da tecnologia no serviço público
Evento reúne em BH empresários, programadores e estudantes e tem o apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico.
Publicado: 02/10/2019 17:15 | Atualizado: 17/10/2019 13:36
Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG

O governador Romeu Zema participou nesta terça-feira (1/10), no Palácio das Artes, da abertura do 36º Inforuso. O evento de tecnologia reúne programadores, especialistas, empresários e estudantes para discutir o uso da tecnologia e de inovações que contribuem com a sociedade e tem o apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede).

Romeu Zema destacou a presença e a importância da tecnologia em várias áreas do serviço público, como na SegurançaEducaçãoSaúde e na transparência das ações de sua gestão.

“A tecnologia tem feito uma revolução muito maior do que imaginamos, principalmente no que diz respeito à transparência. É uma aliada no combate à corrupção e ao mau uso dos recursos públicos. No meu governo temos feito tudo que está ao nosso alcance para agilizar esse processo e quem ganha com isso é a população. Temos exemplo de uso de drones com identificação noturna que ajudam na Segurança Pública; na Saúde visitamos hospitais que apoiam à distância várias localidades. Enfim, a tecnologia está em todo lugar e fico satisfeito de Belo Horizonte sediar esse evento”, afirmou o governador, lembrando a intenção de sua gestão em apoiar “quem trabalha, investe e gera empregos em Minas”.

Polo de inovação

Um dos temas abordados durante a Inforuso é o fomento a startups no estado, que contribuem para o desenvolvimento de novas tecnologias. Minas Gerais, atualmente, é considerada polo de inovação no país, abrigando centenas de empresas de base tecnológica.

O presidente da Sociedade de Usuários de Tecnologia de Minas (Sucesu-MG), Harlen Duque, ressaltou o papel do Estado em apoiar esses negócios.

“Minas está em segundo lugar em número de startups. Belo Horizonte está em terceiro lugar no que diz respeito às cidades. É preciso termos um esforço dos agentes que podem - e devem - fazer a diferença nesse jogo, como governo, iniciativa privada e instituições. Temos em nosso estado empresas de base tecnológica com muitos anos de sucesso e reconhecimento internacional e que podem ajudar as mais jovens”, pontuou, citando ainda o sucesso de Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas, como polo de desenvolvimento dessas startups. O governador Romeu Zema, inclusive, esteve em setembro na cidade mineira visitando alguns desses espaços.

Também participaram da abertura o presidente da Prodemge, Rodrigo Paiva; a presidente da Fundação Clóvis Salgado (FCS), Eliane Parreiras; o vice-prefeito de Belo Horizonte, Paulo Lamac, e o subsecretario de Ciência, Tecnologia e Inovação de Minas, Victor Lobato, que palestrou sobre o Startup City Summit Minas Gerais.