Governo de Minas realiza 23ª edição do Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios
Evento conectou 45 empreendedores com grandes redes supermercadistas. Ao todo, mil empresas já foram beneficiadas pelo circuito
Publicado: 22/10/2019 16:26 | Atualizado: 07/11/2019 16:53
Divulgação/Sede Divulgação/Sede

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede), conectou mais 45 empreendedores mineiros a grandes redes supermercadistas. A iniciativa faz parte do Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios, que realizou sua 23ª edição entre os dias 15 e 17 de outubro, durante o Superminas Food Show. Promovido em conjunto pela Sede, Idene, Associação Mineira de Supermercados (Amis), Sebrae, entre outros parceiros, o Circuito encerra mais um ciclo no próximo dia 12 de dezembro, quando realiza, em Araçuaí, o último evento de 2019.

Para o subsecretário de Desenvolvimento Regional da Sede e idealizador do Circuito, Fernando Passalio, o momento é de comemoração. “Este foi o primeiro ano que conseguimos percorrer todo o estado de Minas Gerais para conectar pequenas empresas que, embora prontas e preparadas, não tiveram a oportunidade de ter seus produtos nas gôndolas das principais redes de supermercadistas”, afirma Passalio.

O circuito é um modelo adotado pelo governo mineiro para incrementar os pequenos negócios, promovendo o desenvolvimento por meio das potencialidades de cada região. Ele é voltado para microempreendedores individuais (MEI), microempresas, empresas de pequeno porte, cooperativas e agricultores familiares com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões por ano.

“A iniciativa abre espaço de compra para beneficiar empreendedores que não teriam condição de expor seus produtos, divulgar e comercializar individualmente”, afirma Passalio, explicando que o Governo de Minas abre Chamada Pública para que interessados recebam capacitação detalhada sob vários aspectos para que os empreendedores estejam preparados para expor seus produtos.

Para a nutricionista Vanessa de Souza, essa participação na Superminas é uma vitrine proporcionada pela Sede. “A cooperativa tem apenas três anos e meio e temos essa oportunidade de articulação e parcerias nunca antes obtida. Já fornecemos para diferentes supermercados do Brasil, e para a maior rede farmácias da região Norte, mas queremos mais”, afirma Vanessa.

Até o momento, cerca de mil empresários já participaram do Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios. Somente em 2019, aproximadamente 400 empreendimentos locais foram atendidos. Desses, cerca de 60% fecharam negócios com redes supermercadistas, padarias ou empórios; 53% fizeram melhorias nos seus produtos; 40% aumentaram a produção em até 20% para atender nova demanda e 26,7% dos empreendedores contrataram novos colaboradores para seus negócios.

Os resultados obtidos neste ano permitiram os idealizadores ampliarem o programa em 2020 para outros setores da economia. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico está firmando parceria com algumas entidades de outros setores para as ações de desdobramento do projeto.